Pe. Sérgio Eduardo Mariucci, SJ, toma posse como novo reitor da Unisinos

Pe. Sérgio Mariucci: Unisinos buscará sempre “o horizonte do rigor científico”. Foto: Rodrigo Blum/Divulgação Unisinos

 

O secretário para Educação da Província dos Jesuítas do Brasil e antigo Diretor Geral do Colégio dos Jesuítas, Pe. Sérgio Eduardo Mariucci, SJ, tomou posse como reitor da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) nesta terça-feira (04). Pe. Sérgio assume a reitoria, após o Pe. Marcelo Fernandes de Aquino, SJ, ter atuado como reitor ao longo de quatro mandatos (2006-2021), e, como vice-reitor, em um mandato (2002-2005). A cerimônia de posse aconteceu no Anfiteatro Padre Werner, campus de São Leopoldo (RS). A Unisinos é uma instituição jesuíta de ensino superior, com dois campi no Rio Grande do Sul (Porto Alegre e São Leopoldo), além de polos EAD em sete estados.

 

O jesuíta chamou atenção para os problemas nacionais na área da Educação e afirmou que “quase não saímos da meta de erradicar o analfabetismo”.

 

“Carecemos de um projeto de país que consolide a democracia e traga ciclos estáveis de desenvolvimento sustentável. Um projeto de país para o Brasil ainda está por ser escrito. Acertar os ponteiros do tempo da história do Brasil é incluir as periferias e garantir às juventudes a oportunidade de escreverem o que falta para sermos gigantes pela própria natureza”.

 

Pe. Sérgio afirmou que assume a reitoria em um momento ao mesmo tempo “promissor e ameaçador”. Segundo o jesuíta, promissor, entre outros motivos, pelo consenso de que a ciência é fundamental para a humanidade e de que as vacinas contra a covid-19 são evidências do progresso da ciência e da humanidade, contestadas apenas por “aqueles vitimados por algo que se parece com outro vírus, cuja enfermidade é a eclipse da razão”. E salientou que a Unisinos buscará sempre “o horizonte do rigor científico, da excelência humana e acadêmica e da responsabilidade socioambiental”.

 

Entre as ameaças, segundo Pe. Sérgio, está o vácuo de lideranças inspiradoras capazes de fazer a sociedade ter confiança nas instituições públicas e esperança de paz e prosperidade. “Todos precisamos da boa política e de boas lideranças capazes de agregar em torno de um projeto para o país”, afirmou o reitor, que também manifestou preocupação com a “criminalização da política”.

 

O discurso de posse abordou ainda a questão do papel do ensino na luta contra diversos tipos de opressão: “É também por meio da educação que o racismo precisa ser combatido, assim como a homofobia, o machismo e todos os vieses supremacistas. A educação é também ambiente propício para fortalecer a cultura de prevenção e cuidado contra qualquer forma de abuso, sobretudo aos menores de idade”, disse.

 

Pe. Sérgio Eduardo Mariucci, SJ, é natural de Maringá (PR) e foi professor e pesquisador colaborador do Programa de Pós-Graduação em Design e diretor da Unidade Acadêmica de Graduação da Unisinos, antes de assumir a reitoria da instituição. Como vice-reitor para o período 2022-2025, foi nomeado o professor Artur Eugênio Jacobus, que já atuou como docente da graduação e coordenador do Mestrado Profissional em Gestão Educacional.

 

Presença do Provincial

O Provincial dos Jesuítas no Brasil, Pe. Mieczyslaw Smyda, SJ, também esteve presente na cerimônia de posse e manifestou a sua alegria em participar de um momento importante para a Unisinos e para a Companhia de Jesus, na ocasião em que a ordem celebra os 500 anos da conversão de seu fundador, Santo Inácio de Loyola. A celebração, chamada de Ano Inaciano, tem como tema “Ver novas todas as coisas em Cristo”.

 

“O apostolado intelectual na Companhia, por meio de suas universidades presentes em diversos países, é um caminho que contribui com este convite de ver novas todas as coisas, fazendo-se um espaço onde particular e universal se encontram”, destacou. Além disso, em seu discurso, o Pe. Smyda agradeceu ao antigo reitor, Pe. Marcelo Fernandes de Aquino, SJ, e ao reitor recém-empossado, Pe. Sérgio Mariucci, SJ.

 

Pe. Marcelo Fernandes de Aquino, SJ, também falou aos convidados no Anfiteatro Padre Werner. O jesuíta disse que, onde estiver, a Unisinos estará com ele e destacou a importância de valores como gratidão, confiança, compaixão e coragem. “Sem um vínculo de afeto, não existe humanidade, existe horda. E, infelizmente, nós corremos o risco, no nosso Brasil, de regredirmos à horda sem um princípio de unificação dos nossos sonhos, das nossas dúvidas, das nossas alegrias, do nosso compromisso de deixar para os filhos e para os netos, um mundo melhor”.

 

Assista à cerimônia de posse no canal da Unisinos no YouTube.

Professor Welerson Spada é nomeado novo Diretor Acadêmico do Colégio dos Jesuítas

Da esquerda para a direita: o Coordenador da Unidade III e Diretor Acadêmico nomeado, Professor Welerson Spada; o Diretor Acadêmico, Pe. José Robson Silva Sousa, SJ e a Assessora Pedagógica e Coordenadora nomeada da Unidade III, Professora Josiane de Souza Paiva (Foto: Rodrigo Tagliate).

 

O Diretor Geral do Colégio dos Jesuítas, Professor Edelves Rosa Luna, anunciou a sucessão na Direção Acadêmica do Colégio em comunicado divulgado nesta segunda-feira (06). O Pe. José Robson Silva Sousa, SJ, dará continuidade à sua formação e, em seu lugar, entrará o atual Coordenador da Unidade III, Professor Welerson Mazzo Spada. A atual Assessora Pedagógica, Professora Josiane de Souza Paiva, será a nova Coordenadora da Unidade III. As mudanças entrarão em vigor a partir do Ano Letivo 2022.

 

No comunicado dirigido à comunidade educativa, o Diretor Geral destacou a trajetória do Pe. Robson e ressaltou que os jesuítas, como são chamados os membros da Companhia de Jesus, passam por longa e sólida formação em diversos níveis, como acadêmico, social, espiritual e humano. A convocação a novos desafios é parte integrante dessa formação, por isso, de tempo em tempo, os jesuítas recebem uma nova Missão, bem como são chamados a continuarem sua formação em prol da excelência ofertada pela Companhia de Jesus em todos os campos em que atuam.

 

Assim, ao final do primeiro trimestre de 2022, o Pe. José Robson Silva Sousa, SJ, partirá para uma nova etapa de sua formação como jesuíta e deixará as funções de Diretor Acadêmico do Colégio dos Jesuítas no encerramento das atividades letivas de 2021. O Pe. Robson é parte da comunidade educativa do Colégio há seis anos, três deles na Direção Acadêmica.

 

“Missão, no modo de proceder da Companhia, carrega, em sua essência, a sucessão, tanto para os jesuítas, quanto para os colaboradores. Somos, como comunidade educativa, agradecidos a Deus por este momento de transição, que é dom e reconhecimento tanto ao jesuíta, quanto ao colaborador na e em missão. Sou grato pelo dom da missão exercida neste período. Grato pelo dom da Josi e do Welerson, que são oferecidos à Companhia de Jesus nessa Missão”, afirmou o Pe. Robson, que também agradeceu à Companhia pela confiança e cuidado e à comunidade educativa do Colégio dos Jesuítas pelo “cuidado e amorosa acolhida”.

 

“Sou filho deste Colégio”

O Professor Welerson Mazzo Spada é mestre em Gestão Educacional pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) e atua como colaborador do Colégio dos Jesuítas há duas décadas. O comunicado reitera que o professor conhece bem a comunidade educativa, seus processos e dinâmicas e colaborará fortemente na consolidação de importantes processos, com foco na formação integral e excelência acadêmica.

 

Ainda de acordo com o comunicado do Diretor Geral, Professor Edelves Rosa Luna, o nome do Professor Welerson Mazzo Spada foi escolhido para a Direção Acadêmica após um processo de escuta e discernimento. Esse processo foi liderado pelo Diretor Presidente da Rede Jesuíta de Educação, Ir. Raimundo Barros, SJ, em diálogo com a Equipe Diretiva do Colégio e o Secretário para Educação da Província dos Jesuítas do Brasil, Pe. Sérgio Eduardo Mariucci, SJ.

 

Segundo o Professor Spada, a notícia da nomeação foi recebida com grande alegria. “Posso dizer que sou filho deste Colégio, pois por aqui iniciei minha carreira de educador. No Colégio dos Jesuítas, aprendi que educação é algo que se faz na perspectiva da integralidade, pois são muitas as competências e as habilidades que necessitam ser desenvolvidas para que atuemos bem e de forma propositiva na sociedade na qual vivemos.”

 

O professor conta também que tem consciência da responsabilidade (“enorme”) e dos grandes desafios, contudo está confiante de que não estará só no caminho e seguirá apoiado pela Rede Jesuíta de Educação e por quem faz do Colégio dos Jesuítas um grande centro de aprendizagem. “Nesse sentido, destaco a competência, a experiência e o zelo no trabalho que é desempenhado pelo Professor Edelves Rosa Luna, Diretor Geral, e por Mauro Fortunato, Diretor Administrativo. Quanto à equipe do acadêmico, o entendimento não é diferente. O legado deixado pela gestão do Padre Robson merece destaque, especialmente por compreender que um bom gestor deve estar sempre atento ao que acontece no âmbito da comunidade, e que as decisões são mais acertadas quando a escuta é ampliada”, afirma. Além disso, agradece aos professores Amanda Reis dos Santos e Rafael Bellei, coordenadores das Unidades I e II, respectivamente; ao Coordenador da Formação Cristã, Marcelo Sabino; à Assessora Pedagógica e Coordenadora nomeada da Unidade III, Josiane Paiva; e aos colaboradores da Unidade III e demais docentes.

 

“Aos estudantes, razão do nosso existir, e aos seus familiares, digo que a equipe acadêmica seguirá atenta e perseverante na busca do Magis, respeitando o que é próprio de cada um e trabalhando sempre pelo bem de todos”, finaliza o professor Welerson Spada.

 

A gestão da Unidade III será assumida pela atual Assessora Pedagógica, Professora Josiane de Souza Paiva. Ela começou sua trajetória no Colégio dos Jesuítas em 2011, como professora regente. Em 2016, tornou-se Coordenadora de Série. E, em 2018, passou para a Assessoria Pedagógica, a convite do Pe. José Robson Silva Sousa, SJ. Nessa função, a professora leva a sua experiência da sala de aula até a gestão educacional.

 

Segundo a professora, o sentimento é de gratidão pelas oportunidades concedidas na gestão do Colégio e o investimento feito pela Rede Jesuíta de Educação em sua formação profissional: atualmente, a Professora Josiane Paiva faz parte da primeira turma, da RJE, de Doutorado em Educação pela Unisinos. Ela ressalta o desafio ao assumir a Coordenação da Unidade III e a alegria com a novidade.

 

“Recebo essa nova missão com muita alegria, com muito ânimo e com muita gratidão. Sei que lá existem pessoas que conhecem aquele espaço, que conhecem a dinâmica de funcionamento da Unidade em uma perspectiva diferente da minha. Estive junto com o Pe. Robson e com a equipe quando nós fizemos toda a concepção do que seriam as Coordenações de Unidade, mas ainda não tivera a oportunidade de atuar em uma delas. Por isso, para mim, é um desafio que encaro com muita alegria”, finaliza.

 

Para celebrar com gratidão o ano letivo que se encerra e rogar a Deus bençãos para as novas missões, os colaboradores do Colégio dos Jesuítas se reunirão na Capela do Colégio, nesta quarta-feira, dia 08/12, às 19h, em missa de ação de graças.

 

Colégio dos Jesuítas, tradição viva em educar para o futuro!